Blog

planejamento e controle de estoque

7 estratégias de planejamento e controle de estoque em tempos de crise

O panorama atual, delimitado pela crise do novo Coronavírus, tem suscitado grandes desafios para as pequenas e médias empresas, desde o atendimento ao cliente até o planejamento e controle de estoque.

Em decorrência ao período de quarentena e o aumento do home office, esses empreendimentos vêm sofrendo grandes impactos nas vendas e no faturamento

Por isso, aumentou também a necessidade de investir em novas tecnologias para garantir a conectividade e competitividade necessária para sobreviver a esse período. 

Para se ter uma ideia, de acordo com um levantamento da Capterra, 43% dos entrevistados declararam que suas instituições adotaram novas plataformas com a incidência da Covid-19.

Entretanto, apesar das inovações, implementar um planejamento e controle de estoque efetivo ainda pode ser um obstáculo para as companhias. Para te ajudar nessa missão, separamos abaixo 7 estratégias bastante eficientes. Confira.

Leia mais: Confira a importância do sistema ERP para planejamento e gestão de serviços

7 iniciativas para planejamento e controle de estoque

A correta administração logística proporciona uma série de benefícios para uma corporação, como melhor colaboração do time, potencializa o relacionamento com o consumidor, permite a projeção de cenários futuros, automatizações e visão holística da empresa.

Mas momentos de crise exigem ainda mais atenção e resiliência por parte dos gestores, especialmente para adequação das mudanças necessárias. Nesse sentido, algumas das principais medidas para planejamento e controle de estoque são:

1 – Avalie sua nova demanda

Com as instabilidades do mercado, provavelmente a sua demanda não é a mesma. Por isso, é fundamental realizar um levantamento de quais produtos possui um giro menor e quais são as mercadorias que apresentaram um número de vendas estável ou maior do que o normal.

Essas informações serão cruciais para que você consiga estabelecer prioridades e direcionar o seu negócio

Uma dica é adaptar o seu time comercial para acompanhar essas alterações no comportamento do consumidor, com o objetivo de direcionar seus esforços para as mercadorias com maior potencial de conversão e, consequentemente, aumentar as vendas.

Você pode se interessar: Sistema ERP na nuvem: como garantir mobilidade nas empresas de distribuição?

2 – Mantenha a contagem dos itens em dia

Um grande problema do estoque, mesmo sem a incidência de crises, é a contagem dos itens. Na prática, é um processo que pode gerar uma série de obstáculos e, quando feito errado, resulta em graves consequências operacionais.

Por essa razão, uma maneira bastante eficiente de garantir dados corretos e frequentes é a produção de um inventário de estoque

Esse documento viabiliza a listagem completa de todas as mercadorias armazenadas, como também os valores e outras informações relevantes.

3 – Adeque novas solicitações

Com base na nova demanda e com os dados dos produtos é necessário adequar a disponibilidade de mercadorias e as novas solicitações.

Manter um planejamento e controle de estoque equilibrado é a principal missão para evitar prejuízos com itens parados ou indisponíveis para venda. 

Inclusive, a dica também é sempre ficar de olho no mercado e identificar novas oportunidades de negócios no seu nicho.

4 – Renegocie com fornecedores

Em períodos de crises, é fundamental estar atento às negociações com os fornecedores e, sempre que possível, rever contratos para minimização de custos.

Outra possibilidade é pesquisar sempre novas propostas no setor em busca de melhores condições.

5 – Se atente aos prazos

Atrasos, mesmo em épocas de instabilidades e pandemias, podem resultar em ruptura da confiança entre a empresa e o consumidor. 

Por isso, é essencial implementar uma gestão de entregas efetiva e manter os clientes sempre informados. A transparência nesse momento é fundamental para garantir a satisfação do público e evitar avaliações negativas ou reclamações.

6 – Treine o seu time

O sucesso da implementação das estratégias para planejamento e controle de estoque depende diretamente do engajamento dos colaboradores.

Por esse motivo, é de suma importância treinar o time de acordo com as novas diretrizes, métodos ou tecnologias adotadas. Quanto mais inteirados os funcionários estiverem, maiores são as chances de gerar resultados positivos. 

Veja também: Por que implantar um sistema de gestão financeira em meio à crise? Veja 7 motivos

7 – Conte com a tecnologia

Por fim, não podemos falar sobre otimização sem citar a tecnologia como elemento principal para o planejamento e controle de estoque. Com o auxílio das plataformas corretas, é possível interligar setores estratégicos e obter informações em tempo real.

Uma das melhores soluções do mercado é o SAP Business One, disponibilizado pela Ramo Sistemas. A plataforma de gerenciamento integrado permite a conectividade e mobilidade que uma organização precisa para se manter competitiva. 

O ERP também possibilita uma administração completa da corporação, desde a logística até o setor financeiro, proporcionando aos gestores uma visão geral do negócio, viabilizando a redução de custos e a identificação rápida de possíveis gargalos.

Deseja saber mais? Entre no site da Ramo Sistemas e conte com o suporte da nossa equipe. Estamos atentos às mudanças do mercado e constantemente temos nos atualizado para auxiliar os nossos parceiros a passarem por esse momento com o mínimo de impacto possível.

Baixe agora nosso Checklist da Gestão Empresarial e saiba como gerenciar e integrar áreas no setor de distribuição.