Blog

gestão de estoque

Gestão de estoque: 5 benefícios de usar a previsão de demandas

O controle da gestão de estoque é fundamental para evitar que a falta ou excesso de mercadorias comprometam as vendas ou provoquem perdas financeiras à empresa.

Nesse cenário, a previsão de demandas torna-se um recurso cada vez mais necessário. Trata-se da capacidade de antecipar o nível futuro de procura pelos serviços ou produtos do negócio.

Saiba mais: Inovação nas empresas: como tornar sua empresa de distribuição mais digital?

Para ser confiável, a previsão de demanda deve considerar fatores controláveis e não controláveis pelo negócio, como o ritmo produtivo, histórico de vendas e tendências de mercado.

A seguir, saiba como essa estratégia afeta a gestão de estoque e pode ser decisiva para uma operação mais lucrativa.

Quais os benefícios da previsão de demandas na gestão de estoque?

Ao considerar múltiplos fatores internos e externos a empresa consegue prever tendências e antecipar-se a elas, estando mais preparada quando o momento chegar.

Um dos principais exemplos de previsão de demanda é a identificação de sazonalidades, verificando quando o produto ou serviço terá uma procura maior e preparando-se para atendê-la.

Leia mais: Como o controle do giro de estoque facilita a gestão e aumenta as vendas

No entanto, essa estratégia é mais complexa do que isso, refletindo na operação do negócio durante todo o ano. Conheça as 5 principais vantagens de prever demandas a seguir!

1. Evita a falta ou a sobra de produtos

Ao prever a demanda de acordo com o período, os gestores conseguem ter uma gestão de estoque mais focada nas necessidades dos consumidores.

Por exemplo, um produto que tem maior saída no verão precisa ter um estoque maior durante esse período, mas não ser excedente, ocupando um espaço desnecessário no armazém quando a demanda diminuir.

2. Rastreamento de vendas

A identificação antecipada da demanda, consequentemente, viabiliza uma previsão das vendas do período, o que é fundamental por envolver o fluxo de receitas.

Ao mapear um potencial aumento das vendas, por exemplo, a empresa pode precisar melhorar sua infraestrutura em outras áreas, como e-commerce da loja ou eficiência logística.

Veja também: 4 desafios da gestão de entregas e distribuição de mercadorias

3. Redução de custos

Quando a produção ou aquisição de mercadorias está alinhada com a demanda do público, a empresa reduz custos operacionais, principalmente relacionados à gestão de estoque.

Por exemplo, uma compra excessivamente maior do que a demanda resultará em despesas de transporte e armazenamento que não vão refletir em mais vendas.

4. Auxílio na tomada de decisão

Atualmente, a tomada de decisão dos gestores está cada vez mais embasada em dados e é exatamente isso que a previsão de demandas viabiliza. Com acesso às informações, os profissionais podem otimizar aspectos como:

  •     Compra de insumos;
  •     Planejamento da produção;
  •     Precificação das mercadorias;
  •     Definição de metas realistas;
  •     Identificação de investimentos acertados.

É por meio de uma tomada de decisão estratégica que a empresa consegue tornar-se mais competitiva.

Leia também: Como otimizar a eficiência e produtividade nas empresas de distribuição?

5. Melhora a projeção financeira e orçamentária

Com a previsão de demandas direcionada à gestão de estoque, os gestores conseguem fazer projeções financeiras e orçamentárias mais condizentes com a realidade.

Por exemplo, tendo uma previsão de vendas sabe-se o fluxo financeiro do período e pode-se planejar os investimentos mais acertados.

Além disso, a gestão de estoque terá um orçamento mais condizente com as necessidades de cada período, garantindo eficiência logística, aumento da produtividade, condições seguras de armazenamento e outros benefícios.

Veja ainda: 5 passos para otimizar o planejamento de estoque

Como o sistema ERP facilita esse gerenciamento?

Atualmente, a previsão de demandas já é acessível às PMEs por meio de tecnologias como o sistema ERP – sistema integrado de gestão empresarial.

Essa ferramenta centraliza todas as informações da empresa e permite estimar a demanda futura do negócio com base em dados históricos e fatores externos, como previsão de crescimento do país, relatórios econômicos e outros.

Além disso, o sistema ERP facilita a gestão do estoque e da cadeia de suprimentos, ao integrar setores e garantir o controle do estoque, aspectos que se refletem na previsão de compras e vendas da empresa.

O SAP Business One, disponibilizado pela Ramo Sistemas, é um sistema ERP com funcionalidades específicas para PMEs, viabilizando o controle de todos os departamentos em um única ferramenta. Entre as funcionalidades destacam-se:

  •     Gestão de estoque e depósito;
  •     Gestão de localização no depósito;
  •     Controle de entrada e saída de mercadorias;
  •     Integração entre depósito e contabilidade;
  •     Relatórios completos.

Com essas funções do SAP Business One a empresa alcança previsibilidade de demanda voltada à gestão de estoque. Saiba mais sobre a solução aqui!

Baixe agora nosso Checklist da Gestão Empresarial e saiba como gerenciar e integrar áreas no setor de distribuição.