Blog

automação de processos

Como implementar tecnologias e automação de processos nas indústrias

A implantação da automação de processos está cada vez mais acelerada no segmento industrial. Para se ter uma ideia, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), nos últimos dois anos, o número de grandes indústrias brasileiras que passaram a utilizar tecnologias digitais cresceu 10%.

O aumento na adesão certamente não se dá à toa. Ao adotarem os recursos, as organizações obtêm inúmeros benefícios. Veja os principais:

  • Maior segurança
  • Redução da margem de erros
  • Aumento da vantagem competitiva
  • Redução de custos
  • Elevação da produtividade
  • Integração e análise de dados
  • Tomada de decisão cada vez mais assertiva

Dicas para inserir a automação de processos e a tecnologia

Como citamos, para se manterem sólidas no mercado e obterem diferenciais, muitas companhias estão fazendo a transição para a chamada Indústria 4.0. Essa se baseia na automação de processos, na inovação e inserção de tecnologias disruptivas no dia a dia.

Para que sejam eficientes, as mudanças devem começar com a conexão de equipamentos a sistemas de missão crítica, como ERPs e CRMs, com o objetivo de facilitar a coleta e análise de dados em tempo real.

Isso favorece o estudo de padrões e a previsão de possíveis resultados, de modo a se antecipar a possíveis falhas, quedas no desempenho e outros fatores relacionados ao funcionamento das máquinas.

Confira algumas práticas importantes para implementar a automação de processos na indústria:

Desenvolva projetos-pilotos

Assim como toda mudança organizacional a ser realizada, a automação de processos e a implementação do conceito de Indústria 4.0 pode ser uma tarefa um tanto complexa para os gestores.

Uma ação que pode facilitar as inovações é a criação de projetos-pilotos que demonstrem como seriam as futuras implementações e seus resultados práticos.

Com os resultados, é possível ter uma noção clara sobre os investimentos a serem realizados, quais as prioridades, possibilidades de expansão e outros aspectos que nortearão as estratégias com mais assertividade.

Conte com colaboradores experientes

Automatizar uma indústria requer a atuação de profissionais qualificados e experientes. Afinal, é preciso conhecer esse novo mercado e, principalmente, conseguir detectar as necessidades das organizações para implementar as soluções mais adequadas.

Desse modo, uma dica é contar com uma infraestrutura de TI eficiente, que seja capaz de compreender cada demanda, sugerir mudanças e colocar as estratégias em prática para que tragam bons resultados.

Invista em tecnologias disruptivas

Para conectar equipamentos a sistemas de gestão, por exemplo, é fundamental inserir tecnologias disruptivas como a internet das coisas (IoT).

Por meio dos sensores de IoT, os empreendedores conseguem acompanhar em tempo real o fluxo produtivo, detectar possíveis gargalos, realizar manutenções preditivas, entre outras ações que auxiliam diretamente em uma maior lucratividade.

Implemente um ERP inovador

Uma das bases para a automação de processos em indústrias de qualquer porte é a implementação de um sistema de gestão ERP.

Por meio da solução, é possível realizar ações como gerenciamento e administração, contabilidade e finanças, inventário e distribuição, gerenciamento de projetos e recursos e produção.

Além disso, as plataformas podem ser integradas a tecnologias como IoT, big data e machine learning, favorecendo a empresa como um todo.

O SAP Business One, disponibilizado pela Ramo Sistemas, possui essas e outras funcionalidades que facilitam a automação de processos industriais.

Entre as vantagens da plataforma estão a implementação fácil e acessível, acesso seguro a partir de qualquer local e conformidade com as políticas internas de segurança.

Quer saber mais sobre como o nosso sistema de gestão pode otimizar os resultados em sua indústria? Entre em contato agora mesmo com um de nossos consultores!

Baixe agora nosso Checklist da Gestão Empresarial e saiba como gerenciar e integrar áreas no setor de distribuição.