Blog

gestão de estoque

6 estratégias de como tornar a armazenagem e gestão de estoque mais eficientes

A gestão de estoque e armazenagem é estratégica em setores como de distribuição, mas também impacta os negócios em áreas como varejo, indústria e serviços.

Apesar da relevância da gestão de estoque e armazenagem, muitos profissionais e gestores confundem os conceitos, não desenvolvendo práticas adequadas para cada uma dessas áreas.

Saiba mais: Como otimizar a eficiência e produtividade nas empresas de distribuição?

A seguir, conheça a diferença entre os conceitos e como desenvolver estratégias eficientes para otimizá-los.

Quais as diferenças entre armazenagem e gestão de estoque?

A gestão de estoque consiste no gerenciamento dos itens alocados, visando a organização, controle da data de validade e quantidade de mercadorias que supra às necessidades da empresa no período.

Essa área pode estar relacionada tanto com a estocagem de matéria-prima, insumos ou produtos prontos para venda.

A armazenagem por sua vez é uma atividade mais ampla e que envolve também a estocagem. Ela refere-se às operações que ocorrem no espaço de armazenamento e também distribuição.

Entre as atividades que fazem parte da armazenagem incluem-se: estocagem, distribuição, expedição e compras.

Veja também: 4 passos para melhorar a logística de distribuição em sua empresa

Como tornar essas áreas mais eficientes na empresa?

Para tornar a gestão de estoque e armazenagem mais eficientes, os gestores devem desenvolver estratégias considerando as particularidades dessas áreas.

A seguir, destacamos algumas ações que podem ser adotadas com esse objetivo, que melhora ambas as demandas das empresas de distribuição.

1. Mapeie e revise processos

O mapeamento dos processos é o que garante a identificação e superação de gargalos operacionais, como atrasos, perdas e desperdícios que comprometam a lucratividade do negócio.

A recomendação é fazer um organograma com cada etapa desde que o produto chega até o momento do despacho e verificar se elas são eficientes.

Leia mais: Como a gestão de estoque impacta as vendas e o lucro da empresa?

2. Qualifique sua equipe

O time de estoque e armazenagem precisa ser qualificado para desenvolver os processos preestabelecidos com excelência, mas também para utilizar as ferramentas e tecnologias envolvidas.

Com treinamentos regulares destrinchando os temas relacionados à gestão de estoque e armazenagem a equipe será mais produtiva e eficiente.

3. Faça previsão da demanda

A previsão da demanda é uma solução pela qual são utilizados dados históricos da operação para identificar o fluxo de entradas e saídas.

Por meio desse recurso é possível prever tendências e sazonalidades. Assim, as empresas realizam a compra adequada de mercadorias para que não haja excesso e nem falta no estoque.

Veja mais: Sistema ERP: como a análise preditiva otimiza a produtividade no setor de distribuição

4. Organize o layout

O layout do espaço de armazenagem é um elemento importante para facilitar a gestão e também melhorar a movimentação da equipe.

Crie categorias para divisão dos produtos, considere o volume de cada mercado e nível no estoque e desenvolva um modelo organizado, para que ao precisar de determinado produto, a equipe saiba exatamente onde ele se encontra.

5. Tenha um modelo de reposição

É fundamental que os gestores desenvolvam modelos de reposição com base no tipo de produto, valor agregado e fluxo de saída.

Ele pode ser de reposição contínua, pelo qual um novo pedido é feito quando o estoque atinge o ponto de reposição preestabelecido. Também é possível que seja feita periodicamente, com base em um agendamento prévio de acordo com as previsões de venda.

É possível mesclar ambos os modelos de reposição de acordo com as necessidades da empresa e relevância de um item na lucratividade da empresa.

Leia também: Inovação nas empresas: como tornar sua empresa de distribuição mais digital?

6. Use um sistema integrado

Um sistema integrado de gestão empresarial (ERP) pode colaborar com os diversos processos relacionados à área de gestão de estoque e armazenagem.

O SAP Business One fornecido pela Ramo Sistemas, por exemplo, foi desenvolvimento considerando as necessidades das PMEs e dispõe de funcionalidades para controle de estoque e distribuição, como:

  • Gestão de estoque e depósito;
  • Gestão de localização no estoque;
  • Controle de entradas e saídas;
  • Planejamento de materiais;
  • Relatórios personalizados da operação;
  • Gestão de aquisição;
  • Integração entre depósito e contabilidade;
  • Controle de notas fiscais e contas.

Além disso, as informações da área de estoque e armazenagem podem ser integradas com outros departamentos, como vendas, compras e financeiro, o que garante uma operação mais produtiva e eficiente.

Quer obter essas vantagens no seu negócio? Conheça mais sobre o SAP Business One fornecido pela Ramo Sistemas!

Baixe agora nosso Checklist da Gestão Empresarial e saiba como gerenciar e integrar áreas no setor de distribuição.