Blog

indicadores de desempenho empresarial

Indicadores de desempenho empresarial: quais KPIs monitorar para aumentar os lucros?

A tecnologia transformou completamente a gestão de empresas levando a afirmação “o que não é medido não é melhorado” do pai da administração moderna, Peter Drucker a ser vista como uma máxima devido à centralidade do monitoramento dos indicadores de desempenho empresarial.

Os indicadores-chave de desempenho (KPIs) são diferentes das demais métricas por serem alinhados aos objetivos empresariais, ajudando a empresa a alcançar suas metas de curto e longo prazo.

Leia mais: Gestão de pequenas empresas: por onde começar no setor de serviços?

Quais os tipos de KPIs que podem ser mensurados?

O mais relevante sobre os KPIs é que eles variam em cada empresa de acordo com os objetivos do negócio. Por exemplo, se o objetivo é melhorar a performance operacional, devem ser monitorados os indicadores de desempenho empresarial.

Saiba mais: 5 principais desafios da gestão de operações e serviços

A definição adequada de KPIs limita os dados que são acompanhados pelos gestores, o que é importante para tornar a prática executável, ao mesmo tempo em que dá uma visão mais ampla dos pontos estratégicos. Entre os indicadores que viabilizam um aumento dos lucros podemos destacar:

  • Indicadores de lucratividade: são aqueles que relacionam o lucro com as vendas totais do negócio. Por exemplo, com R$100 mil em vendas e lucro de R$10 mil a lucratividade é de 10%;
  • Indicadores de rentabilidade: trata-se da relação entre lucro e investimento. Por exemplo, se o valor investido foi R$ 200 mil e o lucro foi R$ 10 mil a rentabilidade é de 5%;
  • Indicadores de competitividade: consiste na posição da empresa em relação à concorrência, como porcentagem do market share.

Existem diversos outros tipos de indicadores de desempenho empresarial que podem ser monitorados de acordo com os objetivos da companhia, como efetividade, produtividade e qualidade.

Veja também: Passo a passo: como tornar a gestão de operações e serviços mais produtiva e eficiente?

8 indicadores de desempenho empresarial para acompanhar

O monitoramento dos KPIs é importante para que os gestores identifiquem as principais limitações e oportunidades do negócio e atuem no sentido de ter uma operação mais eficaz e lucrativa.

Conheça a seguir alguns dos indicadores de desempenho empresarial que podem ser usados estrategicamente na empresa e tornar a gestão mais inteligente.

1. Ticket médio

Consiste no valor médio das vendas, sendo que o cálculo pode ser feito dividindo o valor total das vendas pelo número de pedidos do período.

Aumentar o ticket médio é uma boa oportunidade para tornar a empresa mais lucrativa dependendo menos da aquisição de novos clientes.

2. Taxa de conversão

Trata-se do cálculo de quantos leads a empresa precisa gerar para conquistar um cliente. Uma elevada taxa de conversão significa que o funil de vendas da empresa está funcionando bem.

3. Taxa de churn

Consiste no número de cancelamentos do serviço em determinado período. Caso a porcentagem de clientes que cancelam seja superior aos que contratam, haverá uma queda na lucratividade e rentabilidade.

Quando a taxa de churn está elevada a empresa precisa desenvolver pesquisas qualitativas para identificar os motivos da evasão.

4. ROI

Um dos KPIs mais conhecidos é o ROI (Retorno sobre o Investimento) e seu cálculo é simples: (receita bruta – investimento) / investimento.

Esse valor revela se os investimentos realizados pela empresa estão sendo estratégicos e convertendo em mais lucros ao negócio.

5. Custo de aquisição de clientes

Trata-se do valor que é preciso investir para conquistar um cliente e está diretamente relacionado às estratégias de marketing e vendas.

Para calcular o CAC basta somar todas as despesas com as áreas de vendas e publicidade, incluindo equipe, maquinários, entre outros, e dividir pelo total de novos clientes do período.

6. Customer Lifetime Value

Um KPI pouco monitorado, mas que oferece inteligência comercial à operação, o CLV tenta prever o quanto a empresa poderá lucrar em determinado período.

Para calculá-lo é necessário avaliar a média de tempo que o cliente se mantém ativo e quanto ele consome nesse período. Esse valor deve ser replicado aos novos clientes para fazer uma previsão do lucro posterior.

7. Lucro líquido

Para calcular o lucro líquido basta somar todas as despesas e custos do período (fixos e variáveis) e deduzir do lucro bruto.

8. Taxa de inadimplência

Refere-se ao número de clientes em débito com a empresa e cálculo do valor total devido. Também pode ser calculada a porcentagem de clientes inadimplentes em relação ao total visando manter essa proporção estável.

Leia mais: Como melhorar a eficiência empresarial no setor de serviços com um sistema ERP?

Como monitorar KPIs corretamente?

São diversos os indicadores de desempenho empresarial que podem ser monitorados em uma empresa, sendo que a definição estratégica deles é determinante para uma atuação mais inteligente frente ao mercado.

Para conseguir mensurar tantas variáveis simultaneamente, os gestores devem contar com um sistema integrado de gestão empresarial Sistema ERP, como o SAP Business One, disponibilizado pela Ramo Sistemas.

A ferramenta permite otimizar operações, integrar setores e centralizar dados, o que permite uma visão mais estratégica e a geração de relatórios personalizados de acordo com as prioridades do negócio.

Quer saber mais sobre como otimizar a gestão empresarial? Conheça aqui o SAP Business One fornecido pela Ramo Sistemas.