Blog

gestão de operações e serviços

5 principais desafios da gestão de operações e serviços

O dia a dia da gestão de operações e serviços é complexo, já que a função envolve inúmeros processos. Entre eles estão acompanhar custos, integrar setores, garantir a excelência dos serviços prestados, se preocupar com a experiência do cliente e tomar decisões embasadas em dados.

Nesse cenário, é comum que os empreendedores precisem enfrentar uma série de desafios para entregar qualidade e atingir os resultados esperados em sua empresa.

Foi pensando em auxiliá-los a cumprirem com o objetivo é que fizemos esse post. Acompanhe para conhecer os principais desafios e maneiras de superá-los!

Gestão de operações e serviços: 5 desafios e estratégias para ter sucesso

No mundo corporativo moderno, a gestão de operações e serviços foi ganhando um status cada vez mais importante. Isso envolve a alta performance, a geração de diferencial competitivo e a satisfação dos clientes para se manter em funcionamento.

Os problemas que devem ser resolvidos pelos gestores de operações, normalmente, têm caráter de urgência para que não prejudiquem o bom andamento do negócio.

Por isso, é essencial que os gestores tenham agilidade e facilidade na tomada de decisão, já que suas escolhas têm um impacto direto na produção e lucratividade do negócio. Veja os 5 principais desafios a serem superados:

1. Promova a otimização dos processos internos

Atualmente, só consegue prosperar quem tem processos internos bem estruturados. O motivo é que, no modelo de negócios atual, bens e serviços devem ser desenvolvidos de maneira inteligente para que as empresas se tornem mais competitivas.

Na teoria isso pode ser fácil, mas aqueles que enfrentam o cotidiano da gestão de operações e serviços sabe que a realidade é bem diferente. Afinal, cada área e atividade dentro de uma empresa deve estar conectada a todas as outras para que a engrenagem funcione sem falhas.

Nesse aspecto, um dos grandes desafios é o planejamento. Caso o empreendedor consiga se comunicar positivamente com os públicos interno e externo para identificar gargalos e pontos de melhoria já é “meio caminho andado” .

Desse modo, é indicado investir na cultura de feedbacks, além de implementar entrevistas e pesquisas que indiquem os pontos a serem otimizados.

2. Engaje os colaboradores

Outro fator que contribui diretamente com o sucesso ou fracasso de um negócio é o engajamento de todos os colaboradores. Cada funcionário possui suas próprias responsabilidades e metas a cumprir. Caso não esteja motivado, pode acabar prejudicando o desempenho do restante da equipe e, consequentemente, da empresa como um todo.

Portanto, é fundamental que a gestão de operações e serviços promova o engajamento por meio de treinamentos, capacitações e ações motivacionais que contribuam para uma maior produtividade.

3. Utilize dados para embasar decisões

Os dados são umas das principais ferramentas da gestão de operações e serviços. Afinal, é por meio de informações sobre o andamento de setores e alcance de metas que se tem parâmetros claros para a criação de estratégias futuras.

Porém, sem os recursos apropriados, fica complicado reunir todas elas e analisá-las de forma inteligente. A dica, nesse caso, é contar com soluções tecnológicas que facilitem o acesso e torne as decisões mais ágeis e eficientes.

4. Garanta a satisfação dos clientes

Fazer com que os clientes tenham uma boa experiência não depende somente de um setor. As áreas integradas é que garantem as entregas de qualidade e dentro do prazo estipulado.

Nesse sentido, é fundamental que a gestão de operações e serviços tenha o controle total de cada uma delas e acompanhe de perto o seu desempenho.

Isso auxilia os gestores a detectarem possíveis falhas ou problemas que possam estar prejudicando a satisfação do público e, assim, trabalhar para resolvê-los.

5. Acompanhe contratos de forma individual

O controle individualizado de todos os contratos de prestação de serviços é uma estratégia indispensável para os bons resultados. Quando isso acontece, é possível observar, de forma ampla e consistente, um cenário efetivo, financeiro e administrativo.

Apesar de ser um grande desafio, a tarefa pode se tornar muito mais fácil com o auxílio de ferramentas tecnológicas adequadas.

Saiba como um ERP pode ajudar

Para superar todos os desafios da gestão de operações e serviços citados, além de muitos outros, um sistema de gestão ERP pode auxiliar de forma significativa.

Isso porque integra áreas, reduz falhas humanas, otimiza o planejamento, melhora a comunicação com os públicos, minimiza custos, entre outros benefícios.

O SAP Business One é um sistema ERP disponibilizado pela Ramo Sistemas, que traz funcionalidades específicas para o setor de serviços. Dessa forma, proporciona mais facilidade gerencial e otimiza as atividades diárias.

Quer melhorar a operação do seu negócio? Então, entre em contato com um de nossos consultores e conheça todas as funcionalidades do nosso sistema de gestão!

Baixe agora nosso Guia da Gestão Empresarial e saiba como integrar processos no setor de serviços.