Blog

gestão da produção industrial

Como o sistema de gestão da produção industrial promove redução de custos

Com o atual momento turbulento do mercado, os gestores precisam pensar em estratégias para possibilitar a continuidade dos negócios. Nesse sentido, é indispensável dispor de uma eficiente gestão da produção industrial.

Leia mais: Gestão inteligente: como otimizar o controle de custos na indústria?

Assim, devido aos efeitos da pandemia provocada pela covid-19, as empresas devem colocar em práticos planos focados em reduzir os gastos de operação, assim como as demais despesas financeiras.

Outro ponto importante é a busca por maneiras de trazer novas fontes de lucros para as companhias, algo essencial no cenário marcado pela crise.

Mesmo com a diminuição das atividades que necessitam da presença de funcionários dentro das sedes, deve-se pensar em formas de encontrar diferenciais competitivos e, por meio de uma eficiente gestão da produção industrial, isto é possível.

Para isso, é indispensável contar com tecnologias como a plataforma ERP, que modernizam a operação dentro das fábricas e permitem a evolução da corporação. Mas não é só isso.O sistema garante maior conectividade, mobilidade, acesso em tempo real e produtividade remota, tornando os negócios mais eficientes e modernos. 

Com o objetivo de ajudar os gestores, preparamos este texto com as principais vantagens da gestão da produção industrial e como ela pode impulsionar a indústria como um todo. Confira:

6 benefícios da gestão da produção industrial

1. Automatização

Em linhas gerais, automatizar significa tornar ações antes feitas por operadores humanos realizadas agora por máquinas ou sistemas. Isto é, trata-se de uma forma de otimizar a operação de modo eficiente.

Esse processo é de grande valor para as instituições, porque elimina a necessidade de que atividades repetitivas sejam efetuadas pela equipe e minimiza as falhas que poderiam ser cometidas pelos funcionários.

Parte da transformação digital implementada pela indústria 4.0, a automação ajuda a agilizar o fluxo de trabalho e faz com que os profissionais sejam responsáveis somente pelas tarefas mais importantes.

2. Diminuição de gargalos

Dispor de sistemas para a gestão da produção industrial é indispensável para tornar todo o time mais produtivo.

O motivo para isso é a maior eficácia que todos passam a ter, uma vez que podem dispor de tecnologias avançadas para identificar os chamados gargalos operacionais.

Dessa maneira, pode-se eliminar as sobrecargas em determinadas áreas da organização, superar obstáculos e, como consequência, garantir melhores resultados produtivos e elevar os lucros.

3. Minimização de paradas

Um dos maiores transtornos para as empresas acontece quando o maquinário começa a passar por problemas, chegando ao ponto até mesmo de parar.

Em situações como essa, prejuízos consideráveis aparecem por conta do tempo em que as tarefas são paralisadas.

Uma competente gestão da produção industrial atua com análises preditivas, que monitoram o funcionamento dos equipamentos e permitem que manutenções sejam realizadas no momento certo, evitando paralisações.

Dessa maneira, valores gastos no reparo de máquinas e equipamentos são poupados e tais componentes permanecem conservados.

Veja também: Gestão de operações na indústria 4.0: quais os impactos da tecnologia?

4. Redução de desperdícios

Dispor de softwares que realizam o acompanhamento de cada uma das funções internas permite conhecer os departamentos em que existem maiores desperdícios.

A partir disso, há a possibilidade dos gestores resolverem as questões que geram tal uso inadequado dos materiais, ou mesmo trazem custos desnecessários.

5. Capacitação da equipe

Bons líderes reconhecem a importância de desenvolverem seus funcionários. Assim, a companhia como um todo ganha, pois passa a ter pessoas qualificadas em seu quadro, com maior motivação e engajamento.

A capacitação pode ocorrer de diversas maneiras, seja por meio de treinamentos internos ou mesmo do incentivo para prática de certificações e cursos. 

Vale lembrar também que é fundamental qualificar os colaboradores para o uso dos sistemas de gestão de produção industrial para que seus ganhos sejam garantidos.

6. Utilização de inovações

Dispor de tecnologias de ponta é primordial para se ter uma boa gestão da produção industrial, pois somente com essa atenção às tendências do mercado é possível alcançar bons resultados.

Em razão disso, faz-se indispensável ter à disposição sistemas de administração integrada para promover agilidade operacional, eficiência na gestão de produção, mobilidade, conectividade e produtividade, mesmo que remotamente.

Nesse sentido, utilizar o SAP Business One, fornecido pela Ramo Sistemas, aparece como uma ótima opção. Reconhecida no mundo dos negócios, essa plataforma é completa e tem fácil usabilidade, permitindo que o gerenciamento seja feito com facilidade.

Com diversas funcionalidades para atuar na nuvem, o sistema ERP moderno e inteligente facilita a gestão financeira, de vendas, estoque, compras, clientes, fornecedores e produção, tudo em um única plataforma. Assim, é possível tornar o seu negócio digital, conectado e moderno.

Vale destacar que empresas que usam tecnologias da SAP têm seu valor de mercado aumentado em 12%. 

Quer saber mais detalhes? Conte com o apoio da Ramo Sistemas neste momento atual incerto e complicado principalmente em decorrência da crise da pandemia do coronavírus. Se precisar de mais informações, entre em contato em nosso site e tire suas dúvidas!

Baixe nosso Guia do ERP para PME e saiba como otimizar a gestão no segmento industrial com tecnologia e automação.