Blog

gestão de operações e logística

Gestão de operações e logística: como melhorar a velocidade na armazenagem

A correta gestão de operações e logística é um processo fundamental para negócios dos mais diversos segmentos, desde empresas de distribuição até atacados, varejistas e e-commerces. 

Durante o período de pandemia, as lojas virtuais apresentaram um crescimento exorbitante e as estimativas são que essa tendência continue crescendo. 

Para se ter uma ideia, de acordo com previsões da XP Investimentos, esse modelo de negócio deve expandir 32% em 2021.

Diante disso, otimizar a gestão de operações e logística não apenas apoia os negócios nesta era digital, mas também auxilia na redução de custos, visto que minimiza os riscos de falhas e aumenta a produtividade da operação.

Por sua vez, uma maneira de garantir esses resultados é melhorando a velocidade de armazenagem. Para que você entenda melhor como funciona esse processo e as maneiras de potencializar a eficiência desses fluxos, elaboramos um conteúdo completo. Confira!

Veja mais: Como obter vantagens do ERP em operações remotas de pequenas e médias empresas

Como funciona o processo de velocidade de armazenagem?

Na prática, a gestão de operações e logística de pequenas e médias empresas passa por diversos processos internos, como recebimento, armazenagem e gerenciamento (classificação, separação e expedição).

Nesse cenário, a velocidade de armazenagem diz respeito à capacidade da equipe realizar uma tramitação de mercadorias de maneira mais rápida e eficiente

Ao tornar esse fluxo mais ágil, a empresa consegue ganhos em tempo e produtividade, otimizando todos os resultados da área. 

Além disso, aspectos relacionados a melhorias no atendimento ao cliente são atingidos, visto que as disponibilidades e as entregas de mercadorias passam a ser mais efetivos. 

Você pode se interessar: Como melhorar a gestão de entregas em tempos de mudança

Como melhorar a gestão de operações e logística?

Para atingir resultados positivos na gestão de operações e logística, assim como melhorar a velocidade de armazenagem, algumas iniciativas são fundamentais. Tais como:

Monitorar o fluxo de picking

De modo bastante prático, o picking ou order picking, como também é chamado, consiste no processo de preparação e separação dos pedidos para entrega por parte do armazém.

Ao monitorar esse fluxo, os gestores conseguem identificar gargalos que atrapalham a operação e a tornam mais lenta, por exemplo, produtos fora do lugar ou interrupções..  

Gerenciar a armazenagem

Outra iniciativa essencial para empresas que desejam otimizar a gestão de operações e logística é o gerenciamento do processo de armazenagem.

Entender como os produtos são dispostos, espaços de deslocamentos, tipos de mercadorias e outros assuntos que envolvem a administração do ambiente minimiza os riscos de falhas e gargalos.

Além disso, é possível encontrar brechas de melhorias, como alterar o layout do espaço para facilitar o trabalho da equipe ou mover produtos com maior sazonalidade para locais mais acessíveis.

Analisar constantemente os níveis de estoque

O controle de estoque é um desafio na gestão de operações e logística, pois, quando mal realizado, pode comprometer toda a eficiência dos processos internos.

Por isso, analise constantemente os níveis de estoque, de modo a garantir um fluxo positivo de substituição, armazenamento e disponibilidade de produtos de acordo com a realidade do negócio.

Contar com a tecnologia para gerenciar e integrar informações

Finalmente, a maneira mais eficiente de maximizar a velocidade na armazenagem é contando com a tecnologia, especialmente em PMEs que estão atuando no modelo home office. 

Com ferramentas robustas, é possível otimizar os processos, maximizar o controle da empresa e facilitar o cotidiano das operações. Para tal, o uso de um sistema ERP é a melhor opção. 

Veja também: Sistema ERP: quando sua PME deve substituir a ferramenta atual?

O SAP Business One pode te ajudar!

O SAP Business One, disponibilizado pela Ramo Sistemas, é uma plataforma de gestão integrada que simplifica o gerenciamento das operações de pequenas e médias empresas.

Com alta capacidade técnica e diferentes possibilidades de personalização, o SAP Business One auxilia no gerenciamento contábil e financeiro, gestão de vendas e marketing e  planejamento de serviços.

Além disso, essa ferramenta atua diretamente com a gestão de operações e logística, facilitando o controle de estoque e melhorando os fluxos internos, proporcionando um processo de armazenagem mais rápido e eficiente.

Deseja saber mais? Acesse agora mesmo e entre em contato com a nossa equipe.

Baixe agora nosso Checklist da Gestão Empresarial e saiba como gerenciar e integrar áreas no setor de distribuição.

Enviar mensagem.
Estamos online, entre em contato!
Enviar mensagem.
Estamos online, entre em contato!