Blog

gestão de pequenas empresas

5 desafios da gestão de pequenas empresas do setor de serviços

O segmento de serviços tem várias particularidades que fazem com que a gestão de pequenas empresas seja complexa e tenha desafios recorrentes.

Logo, a superação dessas dificuldades é fundamental para que as pequenas empresas possam se estabilizar, conquistar novos clientes e garantir maior lucratividade.

Por isso, listamos os principais desafios na gestão de pequenas empresas e como suplantá-los para ter um negócio estável.

Leia também: Como melhorar a eficiência empresarial no setor de serviços com um sistema ERP?

Quais os principais desafios na gestão de pequenas empresas?

As limitações de PMEs afetam diferentes áreas do negócio. O que pode resultar em falta de organização, de processos bem definidos e de estrutura tecnológica.

Conheça, a seguir, 5 demandas de gestão de pequenas empresas que precisam ser solucionadas para oferecer escalabilidade ao negócio.

1. Gestão de pessoas

O primeiro desafio está relacionado à gestão de pessoas. Afinal, as PMEs têm dificuldades de estabelecer uma cultura organizacional atrelada aos objetivos comerciais e difundi-la entre os colaboradores. Isso resulta em atividades incompatíveis com a marca.

Além disso, os processos de contratação neste tipo de negócio são complexos. Até porque há dificuldade em estabelecer as competências necessárias a cada função.

Mas esses desafios podem ser superados com a estruturação do organograma da empresa, com as atribuições de cada profissional. Sem contar que um treinamento na fase de experiência auxilia no engajamento dos colaboradores com a visão e os objetivos da companhia.

2. Retenção e fidelização de clientes

A gestão de pequenas empresas deve incluir uma estratégia de relacionamento com os clientes. O CRM, por exemplo, permite administrar os serviços prestados, pagamentos e atendimento ao consumidor.

Assim, é possível melhorar a retenção e fidelização de clientes. Vale destacar que estes fatores são importantes para a empresa não ter a necessidade constante de buscar novos consumidores. O que é um processo mais custoso e trabalhoso do que contar com uma base fixa.

3. Falta de planejamento

Muitos empreendedores apostam no trabalhar hoje para pagar as contas de amanhã. Mas essa opção é insustentável no médio e longo prazo. A falta de planejamento é uma das principais limitações desses negócios.

Para superar esse desafio, é importante investir em planejamento baseado em dados reais do negócio. E tais informações são possíveis de obter a partir de sistemas informatizados.

Estas tecnologias oferecem uma visão real e completa da empresa, mostram se o planejamento é cumprido à risca e proporcionam maior previsibilidade de receita.

Dessa forma, os sistemas garantem uma execução mais acertada do plano de ação. Por exemplo, em uma estratégia de ampliação dos serviços prestados, é possível mensurar e monitorar o número de funcionários por etapa, os novos processos produtivos, os investimento previstos, entre outros.

Saiba maisGestão estratégica: conheça os principais desafios do setor de serviços profissionais

4. Redução de custos

Em períodos de instabilidade financeira, reduzir custos é um dos principais objetivos das empresas. Porém, o que cortar em um negócio que já opera apenas com essencial como é o caso das PMEs?

Para tal, é fundamental mapear e monitorar os processos e custos relacionados, como:

  • Otimização da matéria-prima;
  • Aumento da produtividade;
  • Identificação e superação de gargalos operacionais.

Isso garante uma economia que contribui para diminuir o orçamento e melhorar a gestão de pequenas empresas.

5. Definição e contratação de um sistema ERP

A gestão de pequenas empresas pode ser imensamente beneficiada com a implantação de um sistema ERP. Esta tecnologia permite integrar, monitorar e automatizar as diferentes áreas e processos.

No entanto, os gestores precisam definir uma ferramenta mais alinhada às demandas de uma PME do setor de serviços para garantir personalização e atendimento às necessidades existentes.

SAP Business One, disponibilizado pela Ramo Sistemas, é um sistema ERP presente em 170 países e focado na gestão de pequenas empresas e negócios em expansão do setor de serviços.

Para atender a essas particularidades, o sistema oferece funcionalidades financeiras, gerenciais, administrativas, logísticas, de relacionamento com o cliente e relatórios que agregam ao desempenho do negócio.

Assim, o SAP Business One permite gerenciar todo o negócio em uma única interface, superando os principais desafios das PMEs. Quer saber mais? Conheça o SAP Business One! Se tiver alguma dúvida, fale com nossos especialistas agora mesmo!